Travel Journal - Carnaval no Curdistão – Crossing into Iran











Dogubayazit - Curdistão, Fevereiro de 2003

Saí de Istambul e vim em direção ao leste da Turquia (Eastern Anatólia). Essa região e mais conhecida como Curdistão e engloba o sudeste de Turquia, e nortes de Síria, Iraque e Irã.

Estou mais precisamente em Dogubayazit, uma cidadezinha ao lado do Monte Ararat (aquele da Bíblia onde a Arca de Noé encalhou durante o dilúvio). Essa cidade também é a porta de entrada para o Irã. A fronteira fica a 30 km daqui e pretendo cruzá-la amanhã pela tarde.

A viagem de ônibus desde Erzurum foi um pouco cansativa, 6 horas e todo mundo fumando com as janelas fechadas, o prazer nacional aqui do Curdistão.

Em todos lugares que entro aqui eu saio com um cigarro na mão mesmo sendo um não fumante pois os curdos se ofenderiam caso eu não aceitasse.

Todos me perguntam de onde venho e porque viajo sozinho: Brezilia? Ronaldo, Romário, Bebeto...e mais motivos para cigarros.

A paisagem aqui lembra uma região polar. Para onde você olha está tudo branco de neve, casas soterradas, etc. A impressão que temos é que estamos viajando por uma estação de esqui. Quero só ver a hora que começar a degelar toda essa neve...terão que construir uma nova Arca de Noé, hehehe, e vai ter curdo indo parar lá no Golfo Pérsico.

Estou num camping onde se hospedam as caravanas que viajam “overland” aqui pela Ásia. Finalmente estou usando meu saco de dormir e pagando apenas US$2 para dormir.

Apesar da nevasca em Istambul estava muito legal e divertido. Fui jantar com meus amigos turcos de Berkeley e com seus amigos num restaurante típico. Estávamos numa mesa em 15 pessoas e comemos como sultões, bebemos muito raky, cantamos e dançamos. Que povo mais animado...até parecem brasileiros! Não preciso dizer que no dia seguinte acordei com aquela ressaca e pra lá de Bagdad.

E aqui estou geograficamente também pra lá de Bagdad. Amanhã finalmente cruzarei a fronteira com o Irã. Devo passar um mês viajando por lá, depois sigo para Dubai nos Emirados Árabes, Paquistão, Índia, Nepal e Tibet.

Conto agora um pouco sob a guerra por aqui (Gulf War II)...bom...essa região onde estou ao norte do Iraque é para onde os EUA pretendem enviar seus 60.000 soldados mas graças a Deus a Turquia vetou a entrada desses soldados mais uma vez e o parlamento turco só votará esse tema novamente (abrir seu território aos EUA) na próxima terça-feira...e neste dia já estarei bem longe daqui.

Um abraço a todos e boas festas de Carnaval. Vou aproveitar o meu por aqui aos 15 graus abaixo de zero no meio do Curdistão.

Por Raul Frare